6 dos Melhores Livros Escritos Por Mulheres – Que Li em 2018

Sempre tive uma quedinha por escritoras mulheres, J.K Rowling, Emily Brontë, Jane Austen. Passei a minha adolescência lendo livros dessas mulheres incríveis. Até os livros da Cecily von Ziegesar – autora de Gossip Girl – eu li. Tudo que eu mais amava foi escrito por mulheres. Mas isso foi mudando com o tempo, aos poucos comecei a ler Stephen King, Jorge Amado, Nietzsche, Sartre e deixei as autoras de lado.

Cheguei a ponto de me perguntar “o que que eu to fazendo?”. Eu, que me digo feminista, não estava lendo nenhuma mulher! Senti que isso estava errado! Além disso, os livros que lia não me agradavam tanto, estava cansada de ler histórias – e teorias – do ponto de vista de um homem, hétero e branco.

Foi aí que eu decidi que 2018 ia ser o ano das mulheres. Eu iria ler os melhores livros escrito por elas. Por isso fiz uma lista com os 6 livros incríveis que já li esse ano.

Os melhores livros escrito por mulheres que já li em 2018!

Imagem com livros e escritos: "6 livros escritos por mulheres que li em 2018" "para você que quer começar a ler mulheres" e "literatura feminista"

Fiquei impressionada com o tanto de livro que li esse ano. Muitos foram arrastados de 2017 e terminei agora. Alguns foram tão bons que comecei e terminei esse ano mesmo (Saudade da época que eu estava desempregada e podia ler o dia inteiro). A lista não está em ordem de preferidos, vou começar com o último que eu li e amei!

1. O Lado Invisível Da Economia – Uma Visão Feminista de  Katrine Marçal

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: O lado invisível da economia.

Livro genial! Foi o último que li e por esse motivo ele está bem fresco na minha memória. Katrine Marçal faz um leitura detalhada e completa da economia na qual vivemos hoje. Com boas doses de ironia e clareza ela desmitifica os gêneros e deixa bem claro qual foi – e é – o papel da mulher na sociedade, e o que significa a frase “Por trás de todo homem existe uma grande mulher” – sem usar essas palavras.

Antes de ler esperava que fosse um livro mais radical do que realmente é. Na verdade ele é bem didático e fácil. Além de denunciar as condições das mulheres no mundo atual, ele também se aprofunda no capitalismo, no mercado de trabalho e na construção da sociedade como um todo. É uma boa leitura para todas as pessoas, até para aquelas que não se dizem “feministas”.

Além disso ele também sintetiza tudo que eu já pensava sobre os modelos de negócio atual e fico muito feliz de poder indicar ele aqui.

2. O Conto de Aia de Margaret Atwood

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: O Conto da Aia

Logo após o lançamento da série – com o mesmo nome – esse livro foi estouro de vendas. Eu inclusive assisti a série e fiquei curiosa sobre o livro. Comecei a ler e percebi alguns pontos de diferença entre os dois, mas nada muito exagerado. Os capítulos são curtos e a leitura é fluida e fácil. É, na verdade, um compilado de lembranças da narradora/personagem Offred e é ela que dita as ordens dos acontecimentos.

Existe um clima tenso no ar, algumas passagens da história me deixaram indignada. Margaret Atwood entende tão bem como a sociedade funciona, que transformou esse futuro distópico em realidade pura. Enquanto eu lia o livro eu entendi que muitas coisas que acontecem la também acontecem aqui na “vida real” e que isso está mais próximos de nós do que imaginamos.

O suspense nos deixa preso a ele, seria mais interessante ler primeiro e depois assistir a série.

3. Vida Querida de Alice Munro

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: Vida Querida.

Esse livro é muito amor. Alice Munro, é canadense e tem um prêmio Nobel de literatura. Esse é o primeiro livro que li dela, foi meu irmão que indicou. Eu estava atrás de escritoras mulheres e ele me contou sobre ela. Alice escreve contos e Vida Querida é o seu último livro.

É um livro bem sútil, cada conto tem uma história especial, mas todos são relatos de ficção do cotidiano, ela descreve amores, vida à dois, amizades, tragédias. Algumas histórias são mais simples e outras mais complexas. O cenário é bem variado também, as histórias se passam nos anos 50, nos anos 80, nos anos 60, no pós – guerra, em cidades pequenas e cidades grandes, todas no Canada.

É um livro bem gostoso de ler. Os contos podem ser lidos em um dia, a leitura é bem fluida e as quebras no texto a facilitam. Além de ser instigante, você não consegue largar o conto até terminar.

4. Um Teto Todo Seu de Virginia Woolf

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: Um Teto Todo Seu.

Essa mulher, em 1929, já entendia de muitas coisas que ainda temos dificuldade nos dias de hoje. Ela cria uma personagem e um enredo para responder a pergunta “Por que existem tão poucas produções literárias escritas por mulheres?”. Ela vai no fundo da questão e fala sobre propriedade, preconceito, dinheiro e acesso a educação.

Em uma parte do livro ela faz uma comparação entre a vida de Shakespare e de uma irmã fictícia que era tão talentosa quanto ele. E mostra quais seriam as diferenças sociais entre os dois. Virginia também analisa a vida de grandes autoras como Jane Austen, George Eliot e as irmãs Brontë. Além disso ela crítica a sociedade em que vive e as universidades, que não eram espaços abertos para mulheres.

5. Orlando de Virginia Woolf

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: Orlando.

Esse foi um dos livros mais longos e difíceis que já li na minha vida, confesso, ele é massante e complexo. Apesar disso ele é muito interessante, primeiro porque é uma biografia ficcional em homenagem a uma ex namorada da Virginia, para época isso era muito “pra frente”.

Segundo, ele não segue uma linha cronológica exata, a personagem passeia por diversos períodos de tempo.

Terceiro, A personagem não é A, nem é O personagem. Ás vezes é um, ás vezes é outro e isso foi o que mais me chamou a atenção, em pleno século 20 Virginia já brincava com o gênero de forma sutil.

Quebrou muitos padrões que para época eram inaceitáveis e apesar de ter demorado para terminar esse livro longo eu encontrei nele partes engraçadas, encantadoras e satíricas. Tem um pouco de história também. É uma obra muito bem pesquisada, construída e acabada. Não tem como não se apaixonar.

6. Um Amor Incômodo de Elena Ferrante

Imagem com os melhores livros escritos por mulheres! Em evidencia: Um Amor Incômodo.

Comprei esse livro porque queria conhecer a escrita da Elena Ferrante antes de me jogar na tetralogia napolitana, série de livros pelo qual ela é famosa. Além do mais é um livro razoavelmente barato e a sinopse me interessou.

Devo admitir que é bem incômodo, denso e ao mesmo tempo fácil, ele é bonito e ao mesmo tempo feio. Enquanto eu lia eu sentia o que a personagem sentia, eu via o que ela lembrava. A história é contada através das lembranças da personagem que recorda imagens e acontecimentos de quando ela era criança

O suspense é real. Durante o livro ela explora sua relação com a mãe e a relação da mãe com os homens que passaram pela vida dela. É um livro sobre relacionamentos abusivos, papeis da mulher na sociedade e relações familiares. Mais pesado do que eu achei que fosse.


Esse post me fez muito feliz! Poder compartilhar esses 6 livros dessas escritoras incríveis faz com que a vida faça um pouquinho mais de sentido. Cada um deles tocou meu coração de uma maneira diferente, me senti conectada e compreendida com essas histórias e ideias.

Agora, me contem! Quais os livros escritos por mulheres que vocês mais gostam? Me indiquem livros para o próximo post da tag “livros escritos por mulheres” ❤

 

SalvarSalvar

Anúncios

19 respostas para “6 dos Melhores Livros Escritos Por Mulheres – Que Li em 2018”

  1. Que delícia de post e de dicas. Confesso que ao ver a série, fiquei com muita vontade de ler The Handmaid’s Tale mas ao mesmo tempo tenho um pouco de medo já que sei que vai ser soco atrás de soco. Eu li um livro de uma sueca, estilo O Homem que não Amava as Mulheres, sabe? Amei o estilo e a forma da narrativa, mas procurei outros livros dela e não encontrei. Vou pegar o nome pra te indicar.

    Obrigada por esse post, me senti abraçada pela sororidade ❤

    Curtir

  2. Achei bem interessante esse “O Lado Invisível Da Economia” anotei aqui pra pesquisar. A capa já curti, essa ilustra vintage/retrô – não sei a diferença – achei massa!
    Se eu não anotar no skoob/goodreads nem sei quantos eu li, pra ser sincera.
    O Conto da Aia eu li logo depois de ver a série esperando um final para toda a estória, bobinha eu. Mas pqp essa mulher é muito foda, não poderia ter sido um homem a escrever um livro desse, i m p o s s í v e l, por isso a necessidade de dar voz a mais mulheres, porque só a gente entende como é ser uma nesse mundo.
    Alice Munro conheci por causa do Nobel e ainda não li, mas está na minha lista.
    Virginia Woolf, tentei ler esses dois livros, mas acho que não era a hora, não consegui passar das 10 páginas, ainda não sei lidar com esse fluxos de consciência que ela usa. Mas eu me obrigo a ler essa mulher algum dia.
    Eu comecei a ler esse da Elena Ferrante pelo mesmo motivo de deixar a tetralogia para depois, e também porque li uma resenha bem forte e positiva, mas de novo parei.
    Eu gosto de ler o livro quando eu tô no espírito sabe!
    No momento, estou lendo Corte de Névoa e Fúria, fantasia da Sarah J. Maas que amo de paixão. Já estou no último livro e quase chorando porque a estória já vai acabar! Vou ficar numa ressaca do cão!!!!

    Poxa você tem meu respeito, ótimas indicações! rs
    Jane Austen é meu amorzinho, seguida por Charlote Brontë e sua Jane Eyre, amo de paixão!

    Fiz um projeto desse no meu blog, mas sou péssima em cumprir listas ¬¬
    Mas não desistirei. Inclusive minha próxima compra será “Os Diários de Sylvia Plath”, tô louca por esse livro.

    Eita que escrevi um livro hahaha
    xero

    Curtir

    1. Yasnay! Fico feliz que tenha gostado da lista. “O Lado Invisível Da Economia” é um livro incrível, inteligentíssimo e fácil de ler! Você não vai se arrepender ☺️

      A Margareth é demais! Você ja viu a outra série dela “Alias Grace”? É sensacional, preciso ler mais livros dela…

      Leia Alice, os contos são curtos, então da para ler aos poucos, e a leitura é bem fluida.

      Meninaaaaa eu tive muita dificuldade com os livros da Virgínia também, tanto que deixei 2 de lado, ela arrasta bastante, mas acho que é por conta das referências dela que são bem antigas! Acho que depois que engata a primeira vai hahaha Um Teto Todo Seu li super rápido, talvez se você começar por esse fica mais fácil… Orlando é mais difícil, mas tem partes no livro que valem à pena.

      Corte de Névoa e Furia – anotado!! Vou pesquisar!

      Amoooo essas inglesas ❤

      Os Diários de Sylvia Plath – Anotado também! Inclusive quero ler Silvia Plath, você já leu?

      Adoreeei seu comentário! Temos que dar mais vozes as mulheres sim! Esse diálogo que estamos tendo é muito importante. Obrigada ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s