Quero Viver Como Nômade Digital: Será Que É Possível?

Sempre amei viajar, quando eu era criança tudo era uma festa, gostava de fazer as malas, de estar na estrada. Eu passava noites sem dormir antes de qualquer viagem, ansiosa pelo lugar novo que eu ia conhecer. Minha mãe também é assim e durante toda a minha infância nós viajamos muito! Altas road trips em família, alguns perrengue e muitas coisas novas pelo caminho.

Lembrar disso me faz pensar em como seria bom viver na estrada, conhecendo culturas novas e lugares diferentes. Em um estilo bem hippie mesmo, uma van, um violão e algumas miçangas. De qualquer forma, estamos em pleno século 21, a internet existe e podemos trabalhar através dela. Além disso, eu não tenho talento nenhum para música, nem para artesanato (bem que eu queria)! Então, viver da internet é uma boa opção.

O melhor disso tudo é que já tem gente vivendo dessa maneira, conhecidos como nômades digitais! E, sabendo disso é muito mais fácil compreender esse universo.

Quem são? Onde vivem? O que comem?

Nômades digitais são pessoas que moram em qualquer lugar do mundo e trabalham, na maioria das vezes como freelancer, onde tem uma boa conexão de wi-fi.

Seria o meu sonho?

Sim! Imagina, acordar e estar em alguma praia linda na Tailândia, ou em algum lugar cheio de neve como a noruega? Ou ver os maravilhos canais de Veneza?

Canal na Cidade de Veneza, gôndola e janela.


Quero ser nômade digital. Por onde eu começo?

Já tive muitos sonhos durante a minha vida, mas nunca aquela vontade de correr atrás deles. Nunca me planejei para alcançar um objetivo, nem me esforcei. Isso me deixava chateada, porque eu acho tão bonito pessoas que tem paixões e sonhos e que seguem eles com muita determinação.

Bom, eu achava que isso não fosse acontecer comigo, mas pela primeira vez na vida eu estou sentindo que quero correr atrás desse sonho, quero viver em lugares diferentes e conhecer novas culturas. Também quero compartilhar minha ideias, projetos e trabalhos como nômade digital aqui.

Euzinha tirando uma selfie em um passeio de gôndola.

Tenho uma meta, em 1 ano quero conseguir viver de Freela e do blog. Por isso tracei um plano, um passo-a-passo para alcançar esse resultado. E espero poder ajudar quem tem o mesmo sonho que eu!

Então, vamos começar?

1º Se inspirar em pessoas que já são nômades digitais

Eu vivo para seguir blogs de pessoas que largaram tudo para viajar, que já viveram em muitas cidades diferentes e que fazem dinheiro pela internet. Eu sempre fui encantada por essa flexibilidade. O mais legal é que muito desses blogs dão dicas de como fazer o mesmo.

Meu preferido se chama Helene In Between, uma americana que passou a viver do próprio blog,. La ela da dicas sobre como fazer um blog crescer, como ela vive dele e tudo que ela fez para alcançar esses resultados! Além das dicas de viagens, e de fotos que são incríveis.

Tem um blog brasileiro que eu adoro também que se chama Pequenos Monstros, eles não vivem do blog mas contam sobre a vida deles como freelancer remoto e como começar nesse universo. As fotos são lindas e os cursos que eles promovem são bem bacanas.

Os dois blogs oferecem conteúdo rico e interessante sobre trabalhar pela internet, cada um em um nicho diferente, o primeiro sobre blogs e o segundo sobre trabalho remoto. O perfeito para mim seria uma combinação dos dois!

2º Criar um blog com conteúdo bacana

O blog é um espaço só seu, você pode dizer o que pensar, contar suas experiências de viagens e criar conteúdos relevantes. Ter um blog é interessante porque é uma forma de mostrar para o mundo o seu trabalho, conseguir novos clientes e conhecer pessoas.

Gerar um conteúdo bacana e gratuito é uma forma de se estabilizar no mundo virtual, inspirar e ajudar pessoas. Use o que você sabe e o que você gosta para fazer algo bonito e que tem valor para as pessoas, essa será sua marca registrada.

3º Apostar em fotos bonitas

Outra maneira muito comum aparecer no mundo virtual é estar no Instagram! (Por falar nisso, já visitou o nosso?) Instagrans bem construídos e com fotos de qualidade chamam mais atenção. Com isso é mais fácil conseguir parcerias e ficar conhecido.

Fontana di Trevi

Além do mais, fotos bonitas e de qualidade,  podem ser vendidas online. A Lais Schulz escreveu uma matéria listando 8 sites para ganhar dinheiro com suas fotos. Gosto da ideia de fazer mais uma renda extra online.

4º Procurar o freela ideal

Trabalhar de freelancer é o sonho de muita gente! Todo o conforto, a mobilidade e a facilidade que isso traz é tentador. Mas também tem que ter muita disciplina, comprometimento e rotina. Para quem quer viver como autônomo, em qualquer lugar do mundo, tem que se jogar nos sites de freelancer e procurar os trampos mais interessantes e montar um bom portfólio.

Não importa qual a sua profissão, ou sua área de estudo, em quase todas existe uma maneira de trabalhar online. Só tem que pesquisar direitinho. É claro que se você é programadora, designer, ou trabalha com mídias sociais é bem mais fácil, né? Mas não desista, sei que vai encontrar o nicho de mercado certo para você.

O Catraca Livre lançou uma matéria com os 10 melhores sites para quem quer ser freelancer. E é por lá que eu vou começar minhas pesquisas de trabalho.

Foto de um canal de Veneza, com ponte ao fundo

5º Calma! Não largar o trabalho antes de se firmar como freela

O inicio é sempre difícil, então, temos que continuar o nosso trabalho fixo, para pagar as contas, enquanto nos firmamos como freelancer, né? Então, o desafio aqui é conciliar os dois trabalhos. Escrevi uma lista para ajudar a conciliar o trabalho fixo com projetos pessoais aqui no blog.

Depois que essa fase de transição passar e os trabalhos como freelancer começarem a dar uma boa renda, o trabalho fixo pode ser “largado”. Antes disso, o risco das coisas não funcionarem são maiores.

6º Se planejar: Qual o roteiro? Como ir? Onde morar?

Bom, depois que o dinheiro dos trampos começarem a entrar – de forma regular – é hora de jogar todo resto para o ar e escolher o roteiro.

Você quer se fixar em algum lugar diferente? Ou quer viver cada 2 meses (ou 1, ou 3) em alguma cidade? Onde você quer morar precisa de algum visto especial? Quer alugar um apartamento?

Toda a burocracia que é necessária para viver em outro pais tem que ser levado em consideração e tudo tem que ser bem planejado para não correr muitos riscos. Não adianta ser afobado e não se planejar direito e acabar passando perrengue no futuro.

Vamos com calma.

Eu ponsando para uma foto perto do lago Traunsee. Paisagem fria, com um barco e montanhas ao fundo

Agora é contigo, sei que você vai conseguir realizar esse sonho e sei que eu também vou.

Esse é o meu grande sonho, cada um tem um, das mais diversas formas e tamanhos! O que realmente importa na vida é encontrar o que te faz feliz e seguir nessa direção. Quando a gente para de pensar que as coisas são difíceis e que nunca vai dar certo, a gente começa a trabalhar para essas coisas se tornarem realidade.

Foto de prédios e gôndolas de Veneza

Esse passo a passo é a forma mais concreta que encontrei para realizar meus objetivos. Espero que possa te ajudar de alguma maneira ❤

E você, tem algum sonho diferente? O que está fazendo para alcança-lo? Ja é nômade digital e quer dar mais dicas?

Comenta aqui embaixo ❤

Anúncios

10 respostas para “Quero Viver Como Nômade Digital: Será Que É Possível?”

  1. Também tenho muita vontade de ser freelancer. Acho que é a forma mais independente de trabalho que tem. E a gente vê que é super possível. Mas realmente precisa de muito trabalho duro pra chegar até lá.

    Seu blog tá incrível Ana, tem tudo pra dar certo! Boa sorte nessa jornada ♥

    Curtir

  2. Quero morder essa postagem! É muita lindeza! Quantas dicas fundamentais e enriquecedoras. Morro de vontade de tirar alguns meses só para sair viajando loucamente, mas acho que não me encaixaria nesse estilo de vida. Ainda assim, admiro tanto quem segue dessa maneira… e as suas indicações acabam servindo de guia para diversas realidades. Você é luz!

    http://www.semquases.com

    Curtir

    1. Obrigada Vanessa! Fico muito feliz que tenha gostado ❤
      Viajar é muito bom e se você tiver a oportunidade de tirar alguns meses para viajar vá! Você não vai se arrepender. Tudo depende de estilo de vida e perfil mesmo 🙂

      Beijos! ❤

      Curtir

  3. Ameeeei Ana!! Mais um texto super inspirador pra gente!! É meu sonho tb ser Nômade digital!! E um projeto de vida… um pouco pra conseguir viajar mais e tb pra ter uma rotina mais tranquila pra qd tiver minha familia! Vamos conseguir sim!!!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Ana, que post mais motivador e inspirador! Acho que quase todo mundo tem esse sonho de poder viver de algo que faz o coração bater mais forte, né?

    E olha que coincidência linda, eu conheci hoje o blog Helene In Between e quando vim conhecer seu blog, o primeiro post que leio, fala sobre ele! ❤

    Um beijo!
    Meraki | Emy Teranishi

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s